Câmara aprova kit para Liga e auxilio alimentação a paciente em tratamento fora da cidade

0

Santa Bárbara/MG – Os vereadores da Câmara Municipal de Santa Bárbara aprovaram, por unanimidade, dois anteprojetos apresentados pelo vereador Paulo Henrique da Rocha (PDT), que vão beneficiar a população: a concessão de kits esportivos profissionais aos times da Liga Santa Barbarense de Futebol de Campo que estão jogando na série A e a criação de auxilio alimentação para portadores de doença renal e/ou em tratamento de quimioterapia e radioterapia fora do município.

Segundo o vereador, os materiais esportivos só poderão ser entregues mediante comprovação da regularidade da instituição beneficiada quanto à sua constituição, representação, registro na Liga e na Prefeitura. “Devido à necessidade de fomentar e incentivar o esporte no município e considerando principalmente a importância do futebol na cultura brasileira, tal auxilio representará importante incentivo aos times da serie A do campeonato de futebol de campo”, garantiu o pedetista.

Outro anteprojeto de Paulo Henrique da Rocha que também foi aprovado por unanimidade no plenário pelos demais vereadores foi a criação do auxilio alimentação para pacientes com doença renal e/ou em tratamento de câncer (quimioterapia e radioterapia) que precisem se deslocar de Santa Bárbara. Pelo anteprojeto poderão receber o auxilio pacientes com renda familiar inferior a dois salários mínimos – o valor disponibilizado será de R$15,00. “Esse anteprojeto mostra que a Câmara está atenta às demandas da população, principalmente às pessoas mais necessitadas que merecem atenção especial de seus representantes”, argumentou.

Os dois anteprojetos seguem agora para o prefeito Leris Braga (PHS) que deve convertê-los em projetos de lei (PL) e retornar para o Legislativo para serem votados.

Compartilhar.

Sobre o autor

Seja bem-vindo ao seu guia virtual. O website está com novo e moderno design e, também, com ferramentas especiais para auxiliarem na acessibilidade às plataformas e trazerem dinamicidade aos anúncios.

Deixe sua pergunta aqui