Polícia conclui inquéritos sobre desvios na Câmara de Santa Bárbara com mais de cem indiciamentos

0

A Polícia Civil concluiu os seis inquéritos sobre os desvios de verbas na Câmara Municipal de Santa Bárbara, na região Central do Estado. Segundo o delegado que comandou as investigações, Domiciano Monteiro, somente com contratos de alugueis de veículos foram desviados mais de R$ 500 mil de recursos do Poder Legislativo local.

Por causa das investigações posteriores à Operação Apollo 13, 12 vereadores do município foram afastados, sendo dez titulares e dois suplentes. Apenas um vereador eleito no ano passado não foi acusado. Quatro vereadores estão presos, além de ex-servidores, empresários e dois ex-presidentes da Câmara Municipal.

As investigações apontaram que os vereadores vinham recebendo, ao longo de anos, verbas de diárias, prestando falsas informações de viagens, em valores que superam centenas de milhares de reais. Outras investigações desmembradas, concluídas entre agosto e novembro, também indicaram vários outros crimes, como desvio de R$176.485,50 através do cinema do município, fraudes em licitações, dentre outros delitos.

Ao todo, já ocorreram mais de cem indiciamentos nos seis inquéritos policiais relacionados a crimes praticados na Câmara Municipal de Santa Bárbara.

Deflagrada em agosto, a operação Apollo 13 faz referência à frustrada missão espacial de comparecimento à Lua porque laudos periciais demonstraram que os contratos de alugueis de veículos para a Câmara Municipal eram suficientes para percorrer distância superior à distância da Terra ao satélite natural.

 

Compartilhar.

Sobre o autor

Seja bem-vindo ao seu guia virtual. O website está com novo e moderno design e, também, com ferramentas especiais para auxiliarem na acessibilidade às plataformas e trazerem dinamicidade aos anúncios.

Deixe sua pergunta aqui